Posts Recentes:

X está lançando um aplicativo de TV para vídeos ‘em breve’

X, empresa anteriormente conhecida como Twitter, está lançando...

Google E-E-A-T: o que é isso?

No mundo digital, a confiança é fundamental. É...

Índia estimula investimento no setor espacial com limites aumentados ao financiamento estrangeiro


india space getty

A Índia atualizou as regras oficiais do setor espacial para atrair investidores e empresas globais, depois de o abrir a intervenientes privados há quatro anos. A nova política de investimento directo estrangeiro (IDE) aumenta os limites ao investimento estrangeiro, potencialmente estimulando um interesse renovado na comunidade espacial do Sul da Ásia.

Os intervenientes privados e públicos na Índia têm tomado medidas para aumentar a participação no sector espacial do país. A agência espacial da Índia, a Organização Indiana de Pesquisa Espacial (ISRO), também fez progressos significativos nos últimos meses para ganhar a atenção global, incluindo o pouso na lua bem sucedido do seu Chandrayaan-3 nave espacial e parceria com a NASA sobre aderir aos Acordos Artemis. No entanto, as restrições aos investimentos estrangeiros diretos limitaram a capacidade do país para atrair investidores internacionais e causaram um atraso no financiamento de algumas das crescentes startups de tecnologia espacial da Índia.

Na quarta-feira o gabinete indiano liderado pelo primeiro-ministro Narendra Modi aprovou uma alteração nas suas normas de IDE para permitir o aumento do investimento estrangeiro no sector espacial, em alguns casos até 100%. O governo indiano definiu três categorias diferentes na política alterada:

  • Até 49% (propriedade estrangeira) para veículos lançadores e sistemas e subsistemas associados, criação de espaçoportos para lançamento e recepção de naves espaciais.
  • Até 74% para fabricação e operação de satélites, produtos de dados de satélite e segmento terrestre e segmento de usuários.
  • Até 100% para fabricação de componentes e sistemas e subsistemas para satélites, segmento terrestre e segmento usuário.

Os investimentos estrangeiros que ultrapassem os limites estabelecidos necessitam de aprovação governamental.

Em Junho de 2020, o governo indiano aprovou as reformas do sector espacial e fundou uma nova agência, o Centro Nacional Indiano de Promoção e Autorização Espacial, para permitir que empresas privadas utilizem recursos e infra-estruturas ISRO.

No ano passado, o país também apresentou a sua política espacial para detalhar diretrizes e regras para participação privada. Nova Delhi também substituiu suas regras centenárias por uma nova lei de telecomunicações para permitir o terreno para provedores globais de serviços de banda larga baseados em satélite, incluindo Starlink de Elon Musk.

A Índia tem cerca de 190 startups de tecnologia espacial, oferecendo soluções como veículos de lançamento, consciência situacional espacial e imagens hiperespectrais. Os investimentos em startups espaciais indianas atingiram mais de US$ 124 milhões no ano passado, por dados do governo. A economia espacial do país deverá atingir 44 mil milhões de dólares até 2033 (contra 8,4 mil milhões de dólares no ano passado).

O órgão industrial Indian Space Association, que conta com startups de tecnologia espacial e empresas privadas entre seus membros, espera que as normas atualizadas de IDE ajudem a impulsionar a presença da Índia na economia espacial global a partir da participação existente de apenas mais de 2%.

Últimas

X está lançando um aplicativo de TV para vídeos ‘em breve’

X, empresa anteriormente conhecida como Twitter, está lançando...

Google E-E-A-T: o que é isso?

No mundo digital, a confiança é fundamental. É...

Como adaptar seu marketing para a nova era da análise de dados

Não é exagero dizer que o cenário dos...

Assine

spot_img

Veja Também

X está lançando um aplicativo de TV para vídeos ‘em breve’

X, empresa anteriormente conhecida como Twitter, está lançando...

Google E-E-A-T: o que é isso?

No mundo digital, a confiança é fundamental. É...

Como adaptar seu marketing para a nova era da análise de dados

Não é exagero dizer que o cenário dos...
spot_img

X está lançando um aplicativo de TV para vídeos ‘em breve’

X, empresa anteriormente conhecida como Twitter, está lançando em breve um aplicativo de TV dedicado para vídeos enviados à rede social. CEO...

A Perplexity está levantando mais de US$ 250 milhões com uma avaliação de US$ 2,5 a US$ 3 bilhões para sua plataforma de pesquisa...

Perplexity, a inicialização do mecanismo de busca de IA, é uma propriedade em alta no momento. O TechCrunch descobriu que a empresa...

Google E-E-A-T: o que é isso?

No mundo digital, a confiança é fundamental. É por isso que o Google vem aprimorando seus critérios de pesquisa, priorizando conteúdos que demonstram...