Posts Recentes:

Emergence acha que pode decifrar o código do agente de IA

Ainda outra IA generativa empreendimento levantou um pacote...

Aquisição Rockset da OpenAI e como isso pode impactar o marketing digital

A OpenAI adquiriu uma tecnologia da Rockset que...

As 15 principais maneiras de proteger um site WordPress


Felizmente, existem várias etapas que você pode seguir para proteger seu site WordPress.

Noções básicas fáceis de segurança do WordPress

Ao configurar a segurança do seu site WordPress, há algumas coisas básicas que você pode fazer para reforçar sua proteção.

A seguir, daremos uma olhada em algumas das primeiras coisas que você deve fazer para ajudar a proteger seu site.

1. Implementar certificados SSL

Os certificados Secure Sockets Layer (SSL) são uma tecnologia padrão que estabelece uma conexão criptografada entre um servidor web (host) e um navegador web (cliente). Esta conexão garante que todos os dados transmitidos entre os dois permaneçam privados e intrínsecos.

Os certificados SSL são um padrão da indústria usado por milhões de sites para proteger suas transações online com seus clientes, e obter um deve ser uma das primeiras etapas para proteger seu site.

2. Exija e use senhas fortes

Além de obter um certificado SSL, uma das primeiras coisas que você pode fazer para proteger seu site é usar senhas fortes para todos os seus logins.

Pode ser tentador criar ou reutilizar uma senha familiar ou fácil de lembrar, mas isso coloca você e seu site em risco. Melhorar a força e a segurança da sua senha diminui as chances de ser hackeado. Quanto mais forte for sua senha, menor será a probabilidade de você ser vítima de um ataque cibernético.

Ao criar uma senha, existem algumas práticas recomendadas gerais para senhas que você deve seguir.

Se você não tiver certeza se está usando uma senha forte o suficiente, verifique a força de uma usando uma ferramenta gratuita como este útil Verificador de força da senha.

3. Instale um plugin de segurança

Os plug-ins do WordPress são uma ótima maneira de adicionar rapidamente recursos úteis ao seu site, e há vários plug-ins de segurança excelentes disponíveis.

A instalação de um plugin de segurança pode adicionar algumas camadas extras de proteção ao seu site sem exigir muito esforço.

Para começar, verifique esta lista de plug-ins de segurança recomendados para WordPress.

4. Mantenha os arquivos principais do WordPress atualizados

Em 2024, havia um total estimado de 1,09 bilhão de sites na web, com mais de 810 milhões desses sites usando WordPress.

Devido à sua popularidade, os sites WordPress são frequentemente alvo de hackers, ataques de malware e ladrões de dados.

Manter a instalação do WordPress sempre atualizada é fundamental para manter a segurança e a estabilidade do seu site.

Cada vez que uma vulnerabilidade de segurança do WordPress é relatada, a equipe principal começa a trabalhar para lançar uma atualização que corrija o problema.

Se você não estiver atualizando seu site WordPress, provavelmente está usando uma versão do WordPress que possui vulnerabilidades conhecidas.

Especialmente não há desculpa para usar uma versão desatualizada do WordPress desde a introdução das atualizações automáticas.

Não se deixe vulnerável a ataques usando uma versão antiga do WordPress. Ative as atualizações automáticas e esqueça isso.

Se você quiser uma maneira ainda mais fácil de lidar com atualizações, considere uma solução Managed WordPress que tenha atualizações automáticas integradas.

5. Preste atenção aos temas e plug-ins

Manter o WordPress atualizado garante que seus arquivos principais estejam sob controle, mas há outras áreas onde o WordPress é vulnerável e que as atualizações principais podem não proteger, como seus temas e plug-ins.

Para começar, instale apenas plug-ins e temas de desenvolvedores confiáveis. Se um plugin ou tema não foi desenvolvido por uma fonte confiável, provavelmente será mais seguro não usá-lo.

Além disso, certifique-se de atualizar os plug-ins e temas do WordPress. Assim como uma versão desatualizada do WordPress, o uso de plug-ins e temas desatualizados torna seu site mais vulnerável a ataques.

6. Execute backups frequentes de sites

Uma maneira de proteger o seu site WordPress é sempre ter um backup atualizado do seu site e dos arquivos importantes.

A última coisa que você deseja é que algo aconteça ao seu site e você não tenha um backup.

Faça backup do seu site e faça isso com frequência. Dessa forma, se algo acontecer com o seu site, você poderá restaurar rapidamente uma versão anterior dele e voltar a funcionar rapidamente.

Medidas intermediárias de segurança do WordPress que adicionam mais proteção

Se você concluiu todos os princípios básicos, mas ainda deseja fazer mais para proteger seu site, existem algumas etapas mais avançadas que você pode seguir para reforçar sua segurança.

Vamos dar uma olhada no que você deve fazer a seguir.

7. Nunca use o nome de usuário “Admin”

Nunca use o nome de usuário “admin”. Fazer isso torna você suscetível a ataques de força bruta e golpes de engenharia social.

Como “admin” é um nome de usuário comum, ele é facilmente adivinhado e torna muito mais fácil para os golpistas enganarem as pessoas para que forneçam suas credenciais de login.

Assim como ter uma senha forte, usar um nome de usuário exclusivo para seus logins é uma boa ideia, pois torna muito mais difícil para os hackers quebrarem suas informações de login.

Se você estiver usando o nome de usuário “admin”, altere seu nome de usuário de administrador do WordPress.

8. Oculte sua página de login de administrador do WP

Além de usar um nome de usuário exclusivo, outra coisa que você pode fazer para proteger suas credenciais de login é ocultar sua página de login de administrador do WordPress com um plugin como WPS Hide Login.

Por padrão, a maioria das páginas de login do WordPress pode ser acessada adicionando “/wp-admin” ou “/wp-login.php” ao final de um URL. Depois que um hacker ou golpista identificar sua página de login, ele poderá tentar adivinhar seu nome de usuário e senha para acessar seu painel de administração.

Ocultar sua página de login do WordPress é uma boa maneira de torná-lo um alvo menos fácil.

9. Desative XML-RPC

WordPress usa uma implementação do protocolo XML-RPC para estender a funcionalidade aos clientes de software.

A maioria dos usuários não precisa da funcionalidade WordPress XML-RPC, e é uma das vulnerabilidades mais comuns que abre os usuários para explorações.

É por isso que é uma boa ideia desativá-lo. Graças ao plugin Wordfence Security, é realmente fácil fazer exatamente isso.

10. Endureça o arquivo wp-config.php

O processo de adicionar recursos extras de segurança ao seu site WordPress às ​​vezes é conhecido como “endurecimento” porque você está essencialmente dando ao seu site uma armadura extra contra hackers.

Você pode “fortalecer” seu site protegendo seu arquivo wp-config.php por meio de seu arquivo .htaccess. Seu arquivo wp-config.php do WordPress contém informações muito confidenciais sobre a instalação do WordPress, incluindo as chaves de segurança do WordPress e os detalhes de conexão do banco de dados do WordPress, e é exatamente por isso que você não deseja que seja de fácil acesso.

11. Execute uma ferramenta de verificação de segurança

Às vezes, seu site WordPress pode ter uma vulnerabilidade que você nem imaginava que existia. É por isso que é aconselhável usar algumas ferramentas que possam encontrar vulnerabilidades e até mesmo corrigi-las para você.

O plug-in WPScan verifica vulnerabilidades conhecidas nos arquivos principais, plug-ins e temas do WordPress. O plugin também notifica você por e-mail quando novas vulnerabilidades de segurança são encontradas.

Fortaleça a segurança do seu servidor

Então você tomou todas as medidas acima para proteger seu site, mas ainda quer saber se há mais que você pode fazer para torná-lo o mais seguro possível.

As ações restantes que você pode realizar para aumentar sua segurança precisarão ser realizadas no lado do servidor do seu site.

12. Procure uma empresa de hospedagem que faça isso

Uma das melhores coisas que você pode fazer para proteger seu site desde o início é escolher a empresa de hospedagem certa para hospedar seu site WordPress.

Ao procurar uma empresa de hospedagem, você deseja encontrar uma que seja rápida, confiável e segura e que ofereça suporte com um ótimo atendimento ao cliente.

Isso significa que eles devem ter recursos bons e poderosos, manter um tempo de atividade de pelo menos 99,5% e usar táticas de segurança no nível do servidor.

Se um anfitrião não puder marcar essas caixas básicas, elas não valerão seu tempo ou dinheiro.

13. Use a versão mais recente do PHP

Assim como as versões antigas do WordPress, as versões desatualizadas do PHP não são mais seguras para uso.

Se você não estiver usando a versão mais recente do PHP, atualize sua versão do PHP para se proteger contra ataques.

14. Hospede em um servidor totalmente isolado

Servidores virtuais privados totalmente isolados têm muitas vantagens e uma dessas vantagens é o aumento da segurança.

O isolamento físico oferecido por um VPS baseado em nuvem é inerentemente seguro, protegendo seu site contra infecções cruzadas de outros clientes. Combinados com firewalls robustos e proteção DDoS, seus dados permanecem seguros contra possíveis ameaças e vulnerabilidades.

Procurando o ambiente de nuvem perfeito para o seu site WordPress? Não procure mais.

Com a Plataforma i da InMotion Hosting, você recebe recursos de segurança incomparáveis, incluindo atualizações de servidor gerenciadas, patches de segurança em tempo real, firewalls de aplicativos da web e prevenção de DDoS, juntamente com servidores de alta disponibilidade desenvolvidos especificamente para sites WordPress rápidos e confiáveis.

15. Use um firewall de aplicativo da Web

Uma das últimas coisas que você pode fazer para adicionar medidas extras de segurança ao seu site WordPress é usar um firewall de aplicativo da web (WAF).

Um WAF geralmente é um sistema de segurança baseado em nuvem que oferece outra camada de proteção ao seu site. Pense nisso como uma porta de entrada para o seu site. Ele bloqueia todas as tentativas de hacking e filtra outros tipos de tráfego malicioso, como ataques distribuídos de negação de serviço (DDoS) ou spammers.

Os WAFs geralmente exigem taxas de assinatura mensais, mas adicionar uma vale o custo se você valorizar a segurança do seu site WordPress.

Certifique-se de que seu site e empresa estejam seguros e protegidos

Se o seu site não for seguro, você pode estar vulnerável a um ataque cibernético.

Felizmente, proteger um site WordPress não requer muito conhecimento técnico, desde que você tenha as ferramentas e o plano de hospedagem certos para atender às suas necessidades.

Em vez de esperar para responder às ameaças assim que elas acontecerem, você deve proteger seu site de forma proativa para evitar problemas de segurança.

Dessa forma, se alguém segmentar seu site, você estará preparado para mitigar o risco e continuar com seus negócios normalmente, em vez de se esforçar para localizar um backup recente.

Obtenha hospedagem gerenciada de WordPress com medidas de segurança robustas em servidores de alto desempenho, completas com SSL grátis, endereço IP dedicado, atualizações automáticas de servidor, proteção DDoS e WAF incluído.

Saiba mais sobre como a hospedagem gerenciada de WordPress pode ajudar a proteger seu site e dados valiosos contra a exposição a hackers e golpistas.

Últimas

Emergence acha que pode decifrar o código do agente de IA

Ainda outra IA generativa empreendimento levantou um pacote...

Aquisição Rockset da OpenAI e como isso pode impactar o marketing digital

A OpenAI adquiriu uma tecnologia da Rockset que...

Interrupções em concessionárias de automóveis se prolongam após ataques cibernéticos de CDK

Fabricante de software CDK diz que levará “vários...

Assine

spot_img

Veja Também

Emergence acha que pode decifrar o código do agente de IA

Ainda outra IA generativa empreendimento levantou um pacote...

Aquisição Rockset da OpenAI e como isso pode impactar o marketing digital

A OpenAI adquiriu uma tecnologia da Rockset que...

Interrupções em concessionárias de automóveis se prolongam após ataques cibernéticos de CDK

Fabricante de software CDK diz que levará “vários...

O Google está trazendo acesso Gemini para adolescentes usando suas contas escolares

Google anunciado na segunda-feira que está trazendo sua...
spot_img

Emergence acha que pode decifrar o código do agente de IA

Ainda outra IA generativa empreendimento levantou um pacote de dinheiro. E, como os outros antes, está prometendo a lua.Emergência, cujos cofundadores incluem...

Aquisição Rockset da OpenAI e como isso pode impactar o marketing digital

A OpenAI adquiriu uma tecnologia da Rockset que permitirá a criação de novos produtos, análise de dados em tempo real e sistemas de...