Posts Recentes:

Você é mais negro que o ChatGPT? Faça este teste para descobrir

A agência de publicidade criativa McKinney desenvolveu um...

Google anuncia Gemma: IA de código aberto compatível com laptop

O Google lançou um modelo de linguagem grande...

Amazon lançará ‘loja especial’ de moda de valor na Índia

A Amazon está se preparando para fazer outra...

YouTube intensifica atraso de carregamento para usuários que utilizam bloqueadores de anúncios


O YouTube está tomando medidas mais agressivas contra o uso de bloqueadores de anúncios, e os usuários estão sentindo os efeitos dessa estratégia.

Recentemente, tem havido um aumento significativo no tempo de carregamento para aqueles que utilizam bloqueadores de anúncios ao assistir vídeos na plataforma.

Anteriormente, o YouTube já desacelerava o carregamento da página quando detectava o uso de bloqueadores de anúncios.

No entanto, agora está ficando evidente que a empresa está indo além, prolongando também o tempo de buffer dos vídeos.

O que significa que, para os usuários com bloqueadores de anúncios, assistir a um vídeo está se tornando uma experiência mais demorada.

Além disso, relatos indicam que outros problemas estão surgindo para os usuários que utilizam bloqueadores de anúncios.

Há casos de pré-visualizações que não carregam corretamente e a impossibilidade de entrar nos modos teatro ou tela cheia até que a página seja atualizada.

Essa nova abordagem do YouTube é vista como um jogo de gato e rato entre a plataforma e os bloqueadores de anúncios. Enquanto os bloqueadores procuram formas de contornar as medidas do YouTube, a empresa desenvolve novas estratégias para combater esse uso.

Diante dessas dificuldades, os usuários têm basicamente duas opções: desabilitar o bloqueador de anúncios e assistir aos vídeos com anúncios ou optar pelo YouTube Premium, mediante pagamento mensal, para uma experiência sem interrupções publicitárias.

É importante ressaltar que o YouTube Premium oferece benefícios adicionais, como acesso ao YouTube Music e a possibilidade de assistir aos vídeos offline.

Embora o valor da assinatura possa ser considerado alto apenas para evitar anúncios, há quem opte por essa alternativa em busca de uma experiência mais fluida e personalizada na plataforma de vídeos mais popular da internet.

Últimas

Você é mais negro que o ChatGPT? Faça este teste para descobrir

A agência de publicidade criativa McKinney desenvolveu um...

Google anuncia Gemma: IA de código aberto compatível com laptop

O Google lançou um modelo de linguagem grande...

Amazon lançará ‘loja especial’ de moda de valor na Índia

A Amazon está se preparando para fazer outra...

WhatsApp adiciona suporte de formatação para listas, citações em bloco e código embutido

O WhatsApp disse hoje que está lançando uma...

Assine

spot_img

Veja Também

Você é mais negro que o ChatGPT? Faça este teste para descobrir

A agência de publicidade criativa McKinney desenvolveu um...

Google anuncia Gemma: IA de código aberto compatível com laptop

O Google lançou um modelo de linguagem grande...

Amazon lançará ‘loja especial’ de moda de valor na Índia

A Amazon está se preparando para fazer outra...

WhatsApp adiciona suporte de formatação para listas, citações em bloco e código embutido

O WhatsApp disse hoje que está lançando uma...
spot_img

Você é mais negro que o ChatGPT? Faça este teste para descobrir

A agência de publicidade criativa McKinney desenvolveu um jogo de perguntas chamado “Você é mais negro que ChatGPT?” para esclarecer o preconceito...

Google anuncia Gemma: IA de código aberto compatível com laptop

O Google lançou um modelo de linguagem grande de código aberto baseado na tecnologia usada para criar o Gemini que é poderoso, porém...

Amazon lançará ‘loja especial’ de moda de valor na Índia

A Amazon está se preparando para fazer outra tentativa de entrar no setor de rápido crescimento do comércio eletrônico de moda e estilo...