Posts Recentes:

Google nega práticas anticompetitivas em processo de US$ 2,27 bilhões

O Google está enfrentando um processo de US$...

Smartphone robusto para o mercado B2B

A Samsung anunciou o lançamento do Galaxy XCover7...

Android Auto mostrará aplicativos que só funcionam quando estacionado

O Android Auto está introduzindo um novo recurso...

Otimize seu site para obter melhores classificações de pesquisa »Classificação matemática


Você já se sentiu perdido na rolagem interminável de resultados de pesquisa ou desejou um atalho mágico para encontrar o que procura em um site com toneladas de páginas?

Bem, você não está sozinho! É aí que entra a paginação.

A paginação é uma técnica de navegação comum usada em web design para dividir e apresentar grandes conjuntos de conteúdo em várias páginas.

Mas espere, há mais nesta história de paginação do que apenas facilitar a folheação das páginas.

A paginação amigável para SEO é necessária para garantir que os mecanismos de pesquisa rastreiem, indexem e classifiquem com eficácia o conteúdo paginado em seu site.

Nesta postagem, você entenderá claramente como implementar uma paginação eficaz e amigável para SEO, levando a maior visibilidade e desempenho nas páginas de resultados de mecanismos de pesquisa (SERPs).

Então, sem mais delongas, vamos começar.

Paginação refere-se à divisão do conteúdo em páginas separadas para melhorar a navegação e a legibilidade do usuário.

Essa técnica é comumente usada ao apresentar grandes quantidades de informações que podem ser esmagadoras se exibidas em uma única página.

Cada página normalmente contém uma parte do conteúdo, e o público pode navegar pelo conteúdo usando números de página, botões próximo/anterior ou outros elementos de navegação.

Exemplo de paginação

As estruturas de paginação são diversas e atendem às diversas experiências do público. A escolha depende das necessidades específicas do site e dos seus utilizadores.

Três tipos comuns incluem paginação numerada, rolagem infinita e carregar mais botões.

Paginação Numerada

A paginação numerada divide o conteúdo em páginas distintas, permitindo que o público navegue por uma série de páginas usando indicadores numéricos.

Por exemplo:
1 | 2 | 3 | 4 | 5 ...

Exemplo de paginação

Você pode clicar nos números das páginas para acessar diferentes seções de conteúdo.

Rolagem infinita

A rolagem infinita elimina a paginação tradicional, carregando continuamente o conteúdo à medida que o público rola a página para baixo. Ele fornece uma experiência de navegação ininterrupta.

Por exemplo, feeds de mídia social como Facebook ou Twitter costumam empregar rolagem infinita, carregando automaticamente novas postagens conforme o público rola.

Carregar mais botões

Os botões Carregar mais apresentam ao público um botão para buscar conteúdo adicional manualmente, oferecendo um equilíbrio entre a paginação tradicional e a rolagem infinita.

Por exemplo, em muitos sites de comércio eletrônico, as listas de produtos podem exibir um botão “Carregar mais” no final, permitindo ao público expandir o catálogo de produtos sem navegar para uma nova página.

Carregar mais botões

Você pode consultar a documentação do Google abaixo e escolher a estrutura de paginação que atende às suas necessidades.

Diretrizes do Google sobre estruturas de paginação

Os motores de busca encontram desafios específicos ao lidar com conteúdo paginado, que se refere ao conteúdo da web organizado em várias páginas.

Esses desafios podem afetar a forma como os mecanismos de pesquisa rastreiam, indexam e classificam as páginas, impactando potencialmente a visibilidade geral e a classificação do conteúdo.

A paginação pode ter efeitos adversos no SEO se não for gerenciada de maneira adequada. Discutiremos algumas maneiras pelas quais a paginação pode prejudicar o SEO.

3.1 Rastrear utilização do orçamento

Os mecanismos de pesquisa alocam um orçamento de rastreamento limitado para cada site, determinando com que frequência e quantas páginas eles rastrearão. O problema com o orçamento de rastreamento é que às vezes o Googlebot precisa percorrer vários URLs paginados para chegar a páginas de conteúdo mais profundas.

3.2 Problemas de conteúdo duplicado

O conteúdo paginado geralmente envolve a exibição de conteúdo semelhante ou idêntico em várias páginas.

Os motores de busca se esforçam para apresentar resultados diversos e relevantes ao público. Encontrar conteúdo idêntico ou quase idêntico nas páginas pode causar confusão na determinação da página mais relevante para indexação e classificação.

Por exemplo, um site de comércio eletrônico com listas de produtos paginadas pode criar inadvertidamente páginas com descrições de produtos idênticas, o que pode confundir os mecanismos de pesquisa sobre qual página oferece as informações mais valiosas.

3.3 Considerações sobre a experiência do usuário

Os mecanismos de pesquisa priorizam a entrega de uma experiência positiva ao usuário.

Experiência de usuário

Se o conteúdo paginado levar a uma experiência do usuário frustrante, com problemas como tempos de carregamento lentos ou navegação pouco clara, os mecanismos de pesquisa podem levar essas considerações em seus algoritmos de classificação.

Por exemplo, se o conteúdo paginado de um site não tiver navegação adequada, o público poderá retornar rapidamente aos resultados da pesquisa, sinalizando aos mecanismos de pesquisa que o conteúdo pode não oferecer uma experiência satisfatória.

Agora que você tem uma ideia sobre paginação e como ela prejudica o SEO, discutiremos as práticas recomendadas que você pode seguir.

4.1 Use âncoras rastreáveis

Usar âncoras rastreáveis ​​para paginação é uma prática recomendada para melhorar a descoberta e a classificação do conteúdo paginado.

As âncoras rastreáveis ​​envolvem o uso estratégico de tags HTML para guiar os rastreadores dos mecanismos de pesquisa por uma série de páginas.

Diretrizes do Google sobre links

Comece usando tags âncora: <a></a>, para incluir o conteúdo que você deseja transformar em um link clicável. Dentro das tags âncora, inclua o href atributo, especificando o destino da URL para o link. Este atributo atua como o endereço para o qual o link aponta.

No contexto de conteúdo paginado, use o rel="next" e rel="prev" atributos dentro de tags âncora para indicar o relacionamento entre as páginas.

Por exemplo, na primeira página de uma série, use <a href="https://rankmath.com/blog/pagination-seo/page1.html" rel="next">Next Page</a>e na segunda página, <a href="https://rankmath.com/blog/pagination-seo/page2.html" rel="prev">Previous Page</a>.

É importante notar que rel next e prev não é mais usado pelo Google, pois seus bots podem detectar essas páginas paginadas.

No entanto, outros mecanismos de pesquisa podem considerá-lo útil e ainda é recomendado para acessibilidade.

4.2 Otimize a estrutura do URL

Ao projetar URLs para conteúdo paginado, é necessário seguir as práticas recomendadas para uma estrutura limpa e fácil de usar.

Considere incorporar palavras-chave relevantes e manter uma hierarquia lógica que reflita a organização do conteúdo.

Por exemplo, o URL abaixo indica claramente que pertence à seção “artigos” e é a segunda página da série paginada.

   www.example.com/articles/page/2/

O Rank Math torna muito fácil alterar a estrutura do URL usando o editor de snippets.

Editar trecho

Embora os parâmetros sejam frequentemente necessários para conteúdo dinâmico, é importante gerenciá-los de forma eficaz para evitar problemas como conteúdo duplicado e ineficiência de rastreamento.

Evite parâmetros excessivos ou desnecessários e garanta a consistência entre URLs paginados. Por exemplo, parâmetros como “categoria=sapatos” e “página=2” fornecem informações valiosas, mas devem ser tratados criteriosamente.

   www.example.com/products/?category=shoes&page=2

A implementação de uma tag canônica em páginas paginadas ajuda a evitar problemas de conteúdo duplicado e garante que os mecanismos de pesquisa reconheçam a versão primária.

4.3 Use URLs canônicos de autorreferência para conteúdo paginado

Ao lidar com conteúdo paginado, onde várias páginas podem compartilhar conteúdo semelhante ou idêntico, é essencial orientar os mecanismos de pesquisa na identificação da versão primária.

A tag canônica serve a esse propósito apontando para a versão canônica ou original do conteúdo.

Suponha que você tenha uma série de artigos paginados e cada página compartilhe a mesma estrutura de conteúdo, mas com números de página diferentes. Por exemplo, incluímos um URL canônico de autorreferência na página 2 da página do nosso blog, conforme mostrado abaixo.

Exemplo de URL canônico de autorreferência

Ao implementar URLs canônicos de auto-referência de forma consistente em todas as páginas paginadas, você orienta os mecanismos de pesquisa na compreensão da estrutura e hierarquia do seu conteúdo.

4.4 Tratamento de metadados e SEO on-page

John Mueller afirmou, “Tratamos a paginação da mesma forma que as páginas normais; não há diferença em nossa abordagem.”

Hangout de horário comercial da Central do webmaster do Google em inglês

Crie títulos atraentes que representem com precisão o conteúdo e incentivem cliques. Da mesma forma, escreva meta descrições concisas que forneçam um resumo, incentivando seu público a explorar mais.

Para evitar problemas de conteúdo duplicado e ajudar os mecanismos de pesquisa a compreender a singularidade de cada página, certifique-se de que as tags de título e as meta descrições sejam exclusivas em todo o conteúdo paginado. Inclua detalhes específicos relacionados a cada página, mantendo a consistência.

No exemplo abaixo, o título e a meta descrição da página 2 de um site de exploração da natureza são criados para chamar a atenção e fornecer uma breve ideia do conteúdo exclusivo.

<title>Adventure Unleashed: Explore the Wild - Page 2</title> 
<meta name="description" content="Embark on a thrilling journey through untouched landscapes. Page 2 offers insights into rare wildlife encounters.">

4,5 Não inclua páginas paginadas em Sitemaps

Excluir páginas paginadas de mapas de sites XML é uma prática recomendada de SEO que visa melhorar a eficiência do rastreamento.

Ao omitir URLs paginados individuais, você pode evitar que os mecanismos de pesquisa interpretem cada página como uma entidade separada, evitando possíveis problemas de rastreamento e indexação ineficientes. Essa abordagem garante que os mecanismos de busca priorizem a indexação de páginas críticas com conteúdo exclusivo e valioso, otimizando o uso do orçamento de rastreamento.

Embora o conteúdo paginado ainda possa ser rastreado por outros meios, excluí-lo dos mapas de sites XML fornece uma visão mais estratégica e focada da estrutura do site.

5 Conclusão

Otimizar a forma como seu site lida com o conteúdo paginado é importante para melhorar as classificações nos mecanismos de pesquisa.

Escolher a estrutura de paginação correta, usar links rastreáveis ​​e adicionar títulos e descrições atraentes torna a navegação em suas páginas mais fácil para usuários e mecanismos de pesquisa.

O SEO de paginação é um processo contínuo que, quando bem feito, faz uma grande diferença no desempenho do seu site.

Se você gostou deste post, avise-nos por Tweetando @rankmathseo.



Últimas

Google nega práticas anticompetitivas em processo de US$ 2,27 bilhões

O Google está enfrentando um processo de US$...

Smartphone robusto para o mercado B2B

A Samsung anunciou o lançamento do Galaxy XCover7...

Android Auto mostrará aplicativos que só funcionam quando estacionado

O Android Auto está introduzindo um novo recurso...

Assine

spot_img

Veja Também

Google nega práticas anticompetitivas em processo de US$ 2,27 bilhões

O Google está enfrentando um processo de US$...

Smartphone robusto para o mercado B2B

A Samsung anunciou o lançamento do Galaxy XCover7...

Android Auto mostrará aplicativos que só funcionam quando estacionado

O Android Auto está introduzindo um novo recurso...

Microsoft Copilot ganha recurso de análise de documentos com IA

A Microsoft introduziu um novo recurso ao Copilot...
spot_img

Google nega práticas anticompetitivas em processo de US$ 2,27 bilhões

O Google está enfrentando um processo de US$ 2,27 bilhões movido por 32 grupos de mídia que alegam que as práticas de publicidade...

Smartphone robusto para o mercado B2B

A Samsung anunciou o lançamento do Galaxy XCover7 no Brasil, um smartphone robusto projetado especificamente para o mercado B2B.O dispositivo oferece durabilidade,...

Android Auto mostrará aplicativos que só funcionam quando estacionado

O Android Auto está introduzindo um novo recurso para melhorar a segurança ao volante.Na última versão do sistema, os aplicativos que só podem...