Posts Recentes:

SoftBank adquire fabricante de chips de IA do Reino Unido Graphcore

Empresa de chips do Reino Unido Gráficooré foi...

Pesquisadores do Google alertam que a IA está destruindo a internet

Um estudo feito por pesquisadores do Google aponta...

O aplicativo do Autobiógrafo usa IA para ajudá-lo a contar a história de sua vida


A IA pode ajudá-lo a contar sua história? Essa é a ideia por trás de uma startup chamada Autobiógrafoque aproveita a tecnologia de IA para envolver os usuários em conversas significativas sobre os eventos de suas vidas e como eles se sentem a respeito deles, e depois os transforma em prosa, criando efetivamente sua própria autobiografia.

A startup está se aventurando em uma área que tem sido repleta de debates – muitas pessoas se rebelaram contra a ideia de que a IA poderia substituir a arte, a escrita e outros empreendimentos criativos. Mas no caso do Autobiógrafo, a IA orienta o usuário a contar sua própria história, com suas próprias palavras, e depois a organiza em resultados que podem ser exportados como PDF e, talvez, um dia, encadernados e impressos também. Ou seja, funciona mais como colaborador do que como único criador.

O aplicativo pode não substituir histórias manuscritas profissionalmente, mas pode servir como uma forma de documentar a história da família ou de uma amizade, ou de criar uma lembrança para seus filhos.

Cofundador e CEO do Autobiógrafo linkedin.com/in/matt-bowman/" rel="noreferrer noopener">Matt Bowman vê o aplicativo como uma forma de deixar uma narrativa para seus afilhados. Antes de trabalhar no Facebook na Bay Area, Bowman serviu anteriormente nas Forças Especiais do Exército, onde foi destacado para o Iraque e o Afeganistão. Como resultado, ele passou por perdas que moldaram sua visão de mundo.

“Tenho um monte de ótimas histórias sobre meus amigos militares – tantos eventos engraçados, tantos eventos únicos e incríveis – muitos dos quais ouvimos nos funerais de alguns dos meus melhores amigos. Agora é meu trabalho descobrir como sintetizá-los e entregá-los aos meus afilhados”, diz Bowman. Ele quer que eles possam descobrir mais sobre seu pai, sua vida no exército e como ele era como pessoa.

“A tecnologia chegou agora a um ponto em que é possível fazer isso”, explica Bowman. “Podemos realmente contar essas histórias, dizê-las verbalmente e depois transformá-las em lindas lembranças que podemos oferecer às pessoas ao nosso redor.”

Bowman se juntou a James Barnes, que também trabalhou no Facebook durante as eleições de 2016 e 2018, onde foi notavelmente uma das primeiras pessoas a perceber os problemas com o escândalo de coleta de dados Cambridge Analítica — um evento que levou ao seu envolvimento em vários depoimentos e intimações subsequentes. Mais tarde, ele deixou o Facebook para iniciar um Super PAC para lutar contra Trump. Enquanto brincava com o GPT-3 da OpenAI, ele descobriu que a inteligência artificial poderia ajudá-lo a processar as coisas pelas quais passou em sua vida, incluindo esses marcos.

“A inteligência artificial tinha uma capacidade reflexiva incrível de ver a mim mesmo, minha história e meus acontecimentos”, diz Barnes.

Embora Barnes e Bowman não se sobrepusessem no Facebook, eles se conheceram no ano passado em São Francisco, quando Barnes procurava alguém com experiência militar para ajudar a equipe (que também inclui os cofundadores Luke Schoenfelder e Ivan Almaral) a experimentar essa ideia de usando IA para contar histórias. Os dois se uniram por causa de objetivos comuns e outras experiências, incluindo o interesse pela medicina psicodélica.

“Explorar a consciência foi um ponto chave de conexão para nós”, explica Barnes. “À medida que trabalhamos nessas coisas realmente tangíveis, também somos capazes de pensar na capacidade da nossa plataforma de permitir que as pessoas façam uma introspecção e façam um trabalho mais abstrato e pessoal”, diz ele.

autobiographer app 2
Créditos da imagem: Autobiógrafo

Para usar o aplicativo, você conversa com um agente de IA, baseado na tecnologia Anthropic, que solicita que você conte uma história. Por exemplo, o prompt inicial pode pedir que você conte uma história sobre uma aventura que você teve, lembrando que não há resposta certa ou errada. Você pode começar a falar, pausar e retomar a gravação ou passar para outra pergunta, se preferir.

As memórias são armazenadas em um cofre, um espaço criptografado e protegido biometricamente que nem mesmo a equipe do Autobiógrafo consegue acessar.

“Um dos valores mais importantes quando James, Luke, Ivan e eu nos reunimos foi a compreensão óbvia de que ninguém contará suas memórias queridas ou suas histórias muito sensíveis emocionalmente a algo que é anunciado – ou que um grupo de engenheiros pode veja no final”, diz Bowman.

O aplicativo permite revisitar tópicos, explorar suas memórias e, finalmente, transformá-las em diferentes tipos de prosa – como um conto ou uma carta de gratidão para um ente querido. Por enquanto, eles são exportados como PDFs, mas a equipe gostaria de oferecer um livro impresso em algum momento.

O Autobiógrafo custa US$ 199 por ano – mais barato que um ghostwriter, certamente, mas também caro o suficiente para desencorajar alguns.

A empresa agora também fez parceria com a jornalista Katie Couric, que atuará como parceira promocional da startup. Seu papel ainda está sendo definido, no entanto.

A empresa por trás do Autobiógrafo foi fundada há três anos e meio, mas passou por diversas mudanças. A versão mais recente do aplicativo, lançada hoje, foi lançada há um ano.

Autobiógrafo é apoiado por US$ 4 milhões em financiamento pré-semente de várias empresas.

Últimas

Câmeras Waymo capturam imagens de pessoa acusada de supostos cortes de pneus de robotaxi

Um morador de Castro Valley foi acusado na...

SoftBank adquire fabricante de chips de IA do Reino Unido Graphcore

Empresa de chips do Reino Unido Gráficooré foi...

Pesquisadores do Google alertam que a IA está destruindo a internet

Um estudo feito por pesquisadores do Google aponta...

César Lattes, físico e professor brasileiro, é homenageado no Google

Hoje, o Google celebra com um Doodle animado...

Assine

spot_img

Veja Também

Câmeras Waymo capturam imagens de pessoa acusada de supostos cortes de pneus de robotaxi

Um morador de Castro Valley foi acusado na...

SoftBank adquire fabricante de chips de IA do Reino Unido Graphcore

Empresa de chips do Reino Unido Gráficooré foi...

Pesquisadores do Google alertam que a IA está destruindo a internet

Um estudo feito por pesquisadores do Google aponta...

César Lattes, físico e professor brasileiro, é homenageado no Google

Hoje, o Google celebra com um Doodle animado...

O WhatsApp agora permite que empresas enviem códigos de autenticação para usuários na Índia

O WhatsApp agora permite que empresas enviem códigos...
spot_img

Câmeras Waymo capturam imagens de pessoa acusada de supostos cortes de pneus de robotaxi

Um morador de Castro Valley foi acusado na quinta-feira por supostamente cortar os pneus de 17 robotaxis Waymo em São Francisco entre 24...

SoftBank adquire fabricante de chips de IA do Reino Unido Graphcore

Empresa de chips do Reino Unido Gráficooré foi formalmente adquirida pelo SoftBank do Japão.Rumores do acordo abundam há algum tempomas negociações prolongadas e...

Pesquisadores do Google alertam que a IA está destruindo a internet

Um estudo feito por pesquisadores do Google aponta que a IA generativa, a mesma que a gigante de Mountain View está super incentivando,...