Posts Recentes:

Google Wallet substituirá o Google Pay nos EUA


O Google anunciou que o antigo aplicativo Google Pay será descontinuado nos EUA a partir de 4 de junho de 2024.

O aplicativo, que aparece como “GPay” na tela inicial do Android, será substituído pelo Google Wallet, que oferece uma experiência mais abrangente para pagamentos móveis e gerenciamento financeiro.

Apesar do Google Pay deixar de funcionar nos EUA, o serviço continuará disponível para usuários na Índia e em Cingapura, onde atende às necessidades específicas desses países.

Como parte da desativação do aplicativo, o Google também encerrará os pagamentos ponto a ponto (P2P), que permitiam enviar, solicitar ou receber dinheiro de outras pessoas nos EUA.

Após junho, os usuários precisarão usar o site do Google Pay para visualizar e transferir seu saldo do Google Pay, que inclui dinheiro recebido de outras pessoas ou recompensas/cashback, para uma conta bancária.

Além disso, o Google está orientando os usuários a pesquisar no Google para encontrar ofertas e promoções, pois não haverá mais experiências integradas de cashback como antes.

O Google Wallet substitui a carteira física e até mesmo as chaves do carro, oferecendo suporte a cartões de transporte, carteiras de motorista, carteiras de identidade estaduais e outros passes.

O Google observa que o Wallet é “usado cinco vezes mais que o aplicativo Google Pay nos EUA”.

O Google Pay não deixa de existir: ele continuará sendo o nome do processo de pagamento em transações físicas ou online e já é gerenciado pelo Google Wallet.

Últimas

Assine

spot_img

Veja Também

spot_img

Paul Graham afirma que Sam Altman não foi demitido da Y Combinator

Em um série de postagens no X na quinta-feira, Paul Graham, cofundador da aceleradora de startups Y Combinator, rejeitou as alegações de que...

A desinformação funciona, e um punhado de “supercompartilhadores” sociais enviou 80% dela em 2020

Dois estudos publicados quinta-feira na revista Science oferecem evidências não apenas de que a desinformação nas redes sociais muda as mentes, mas que...