Posts Recentes:

IA da Samsung chegará ao Galaxy S21 e outros modelos em breve

Depois de lançar seus novos recursos de inteligência...

Gmail prepara ‘Assinaturas’ para dar fim à bagunça na caixa de entrada

Cansado de ter a caixa de entrada do...

Atualização da Busca não afeta os sistemas de indexação

Em meio a tantas dúvidas e questionamentos sobre...

Google lança novo episódio 'Como funciona a pesquisa' sobre rastreamento


O Google publicou uma nova parte de sua série de vídeos educacionais “Como funciona a pesquisa”, explicando como seu mecanismo de busca descobre e acessa páginas da web por meio de rastreamento.

Processo de rastreamento de detalhes do engenheiro do Google

No episódio de sete minutos apresentado pelo analista do Google Gary Illyes, a empresa fornece uma visão aprofundada dos aspectos técnicos de como funciona o Googlebot – o software que o Google usa para rastrear a web.

Illyes descreve as etapas que o Googlebot executa para encontrar conteúdo novo e atualizado nos trilhões de páginas da Internet e torná-los pesquisáveis ​​no Google.

Illyes explica:

“A maioria dos novos URLs que o Google descobre são de outras páginas conhecidas que o Google rastreou anteriormente.

Você pode pensar em um site de notícias com páginas de categorias diferentes que levam a artigos de notícias individuais.

O Google pode descobrir a maioria dos artigos publicados revisitando a página Categoria de vez em quando e extraindo os URLs que levam aos artigos.”

Como o Googlebot rastreia a web

O Googlebot começa seguindo links de páginas da web conhecidas para descobrir novos URLs, um processo chamado descoberta de URL.

Ele evita sobrecarregar os sites rastreando cada um deles em uma velocidade única e personalizada com base nos tempos de resposta do servidor e na qualidade do conteúdo.

O Googlebot renderiza páginas usando uma versão atual do navegador Chrome para executar qualquer JavaScript e exibir corretamente o conteúdo dinâmico carregado por scripts. Ele também rastreia apenas páginas disponíveis publicamente, não aquelas por trás de logins.

Melhorando a descoberta e rastreabilidade

Illyes destacou a utilidade dos sitemaps – arquivos XML que listam os URLs de um site – para ajudar o Google a encontrar e rastrear novos conteúdos.

Ele aconselhou os desenvolvedores a fazer com que seus sistemas de gerenciamento de conteúdo gerassem mapas de sites automaticamente.

A otimização de fatores técnicos de SEO, como arquitetura do site, velocidade e diretivas de rastreamento, também pode melhorar a rastreabilidade.

Aqui estão algumas táticas adicionais para tornar seu site mais rastreável:

  • Evite o esgotamento do orçamento de rastreamento – Sites atualizados com frequência podem sobrecarregar o orçamento de rastreamento do Googlebot, impedindo a descoberta de novos conteúdos. A configuração cuidadosa do CMS e as tags rel= “next” / rel= “prev” podem ajudar.
  • Implementar bons links internos – Links para novos conteúdos de categorias e páginas centrais permitem que o Googlebot descubra novos URLs. Uma estrutura de links internos eficaz auxilia na rastreabilidade.
  • Certifique-se de que as páginas carreguem rapidamente – Sites que respondem lentamente às buscas do Googlebot podem ter sua taxa de rastreamento reduzida. A otimização do desempenho das páginas pode permitir um rastreamento mais rápido.
  • Elimine erros soft 404 – A correção de soft 404s causados ​​por configurações incorretas do CMS garante que os URLs levem a páginas válidas, melhorando o sucesso do rastreamento.
  • Considere ajustes no robots.txt – Um robots.txt compacto pode bloquear páginas úteis. Uma auditoria de SEO pode revelar restrições que podem ser removidas com segurança.

Últimas séries de vídeos educacionais

O vídeo mais recente surge depois que o Google lançou a série educacional “Como funciona a pesquisa” na semana passada para esclarecer os processos de pesquisa e indexação.

O episódio recém-lançado sobre rastreamento fornece informações sobre uma das operações mais fundamentais do mecanismo de pesquisa.

Nos próximos meses, o Google produzirá episódios adicionais explorando tópicos como indexação, avaliação de qualidade e refinamentos de pesquisa.

A série está disponível no canal Google Search Central no YouTube.


Perguntas frequentes

Qual é o processo de rastreamento descrito pelo Google?

O processo de rastreamento do Google, conforme descrito no recente episódio da série “Como funciona a pesquisa”, envolve as seguintes etapas principais:

  • O Googlebot descobre novos URLs seguindo links de páginas conhecidas que rastreou anteriormente.
  • Ele rastreia sites estrategicamente em uma velocidade customizada para evitar sobrecarregar os servidores, levando em consideração tempos de resposta e qualidade do conteúdo.
  • O rastreador também renderiza páginas usando a versão mais recente do Chrome para exibir corretamente o conteúdo carregado por JavaScript e acessar apenas páginas disponíveis publicamente.
  • A otimização de fatores técnicos de SEO e a utilização de mapas de sites podem facilitar o rastreamento de novos conteúdos pelo Google.

Como os profissionais de marketing podem garantir que seu conteúdo seja descoberto e rastreado de maneira eficaz pelo Googlebot?

Os profissionais de marketing podem adotar as seguintes estratégias para melhorar a descoberta e rastreabilidade de seu conteúdo pelo Googlebot:

  • Implemente uma geração automatizada de mapas de sites em seus sistemas de gerenciamento de conteúdo.
  • Concentre-se na otimização de elementos técnicos de SEO, como arquitetura do site e velocidade de carregamento, e use diretivas de rastreamento de maneira adequada.
  • Garanta que as atualizações frequentes de conteúdo não esgotem o orçamento de rastreamento, configurando o CMS de forma eficiente e usando tags de paginação.
  • Crie uma estrutura de links internos eficaz que ajude a descobrir novos URLs.
  • Verifique e otimize o arquivo robots.txt do site para garantir que não seja excessivamente restritivo ao Googlebot.

Últimas

IA da Samsung chegará ao Galaxy S21 e outros modelos em breve

Depois de lançar seus novos recursos de inteligência...

Gmail prepara ‘Assinaturas’ para dar fim à bagunça na caixa de entrada

Cansado de ter a caixa de entrada do...

Atualização da Busca não afeta os sistemas de indexação

Em meio a tantas dúvidas e questionamentos sobre...

Google One anuncia o fim do serviço de VPN

A VPN do Google One, serviço de rede...

Assine

spot_img

Veja Também

IA da Samsung chegará ao Galaxy S21 e outros modelos em breve

Depois de lançar seus novos recursos de inteligência...

Gmail prepara ‘Assinaturas’ para dar fim à bagunça na caixa de entrada

Cansado de ter a caixa de entrada do...

Atualização da Busca não afeta os sistemas de indexação

Em meio a tantas dúvidas e questionamentos sobre...

Google One anuncia o fim do serviço de VPN

A VPN do Google One, serviço de rede...

Spotify está desenvolvendo ferramentas que permitiriam aos usuários remixar músicas, mostram capturas de tela

O Spotify está trabalhando em ferramentas de mixagem...
spot_img

IA da Samsung chegará ao Galaxy S21 e outros modelos em breve

Depois de lançar seus novos recursos de inteligência artificial, o Galaxy AI, a Samsung finalmente atendeu aos pedidos dos fãs e confirmou que...

Gmail prepara ‘Assinaturas’ para dar fim à bagunça na caixa de entrada

Cansado de ter a caixa de entrada do Gmail abarrotada por e-mails de assinaturas que você nem sequer lê? Se sim, prepare-se para...

Atualização da Busca não afeta os sistemas de indexação

Em meio a tantas dúvidas e questionamentos sobre o funcionamento dos algoritmos do Google, uma notícia traz alívio para os profissionais de SEO:...