Posts Recentes:

Criação de artigos exclusivos a partir de feeds RSS importados usando IA

Você sabia que o shortcode é perfeito...

Por que o EQ é importante no trabalho (e no SEO)

A inteligência emocional (EQ) é importante em nosso...

As visões gerais de IA do Google se tornam virais e atraem o escrutínio da mídia convencional

A implementação pelo Google de visões gerais geradas...

Como sobreviver a atualizações de algoritmo com IA: um guia definitivo de SEO


Se você já se sentiu em uma montanha-russa com os algoritmos em constante mudança do Google, você não está sozinho.

As atualizações do algoritmo principal do Google são conhecidas por mantê-lo alerta e está se tornando cada vez mais desafiador acompanhá-lo – sem falar no avanço.

Essas mudanças algorítmicas têm o poder de melhorar ou prejudicar o desempenho do seu site, por isso é crucial que você entenda as especificidades de cada nova atualização, seus efeitos e o curso de ação correto.

Mas como você fica por dentro dessas atualizações do mecanismo de pesquisa e otimiza sua estratégia de SEO para o sucesso?

Como você aproveita cada mudança de algoritmo e a transforma em uma oportunidade de obter uma classificação mais elevada?

Neste guia completo, mostraremos como.

Como entender cada nova atualização do algoritmo principal do Google

Sempre que o Google lança uma nova atualização, você sem dúvida pergunta: “Então, o que mudou desta vez?”

E como profissional de SEO, toda a sua estratégia depende da resposta a esta pergunta.

O impacto de uma atualização de algoritmo pode ser imprevisível – uma mudança que beneficia um site pode prejudicar outro.

Portanto, é importante manter-se totalmente informado e adaptar continuamente suas estratégias de SEO para permanecer competitivo.

A chave para sobreviver às constantes mudanças de algoritmo do Google é compreender:

Certifique-se de analisar as declarações oficiais do Google e consultar apenas recursos confiáveis ​​do setor para obter insights sobre as atualizações mais recentes do algoritmo.

Também é importante manter evidências baseadas em dados. (Por exemplo, um relatório que mede um aumento na correlação de classificação para um algoritmo específico.)

Estas correlações podem ser usadas para descobrir padrões que revelam quais estratégias são eficazes após a atualização.

Mas é claro que a responsabilidade não se limita a simplesmente compreender cada atualização do algoritmo do Google – há muito mais coisas envolvidas em manter intactas as classificações do seu site em meio às mudanças.

Vamos detalhar as etapas essenciais necessárias para você começar a dominar as atualizações do algoritmo principal do Google.

Etapa 1: coletar e analisar dados de pré-atualização

O estágio de coleta de dados ajuda a formar a base para sua análise pós-atualização – portanto, quanto mais dados você tiver, melhor compreenderá os efeitos da atualização.

Assim que você souber que um novo algoritmo será lançado, você desejará começar a coletar dados nas páginas de destino do seu site, incluindo:

  • Classificações.
  • Tráfego orgânico.
  • Perfis de backlink.
  • Elementos na página.

Você também deseja segmentar as páginas em grupos relevantes com base no conteúdo, no foco da palavra-chave ou na intenção do usuário.

Mantenha o foco em seus concorrentes SERP

Mas não se esqueça dos seus concorrentes!

Embora seja importante focar em seu site, também é crucial ficar de olho no desempenho de seus concorrentes.

Certifique-se de coletar dados não apenas sobre os sites classificados acima de você, mas também aqueles abaixo de você nas SERPs, pois essas informações o ajudarão a identificar tendências e mudanças em todo o cenário.

É melhor usar uma ferramenta para ajudar a automatizar o processo de coleta de dados e fornecer resultados mais abrangentes.

Dica profissional: existe uma tecnologia de SEO mais recente que muitas das equipes de marketing digital mais competitivas estão usando: o modelo do mecanismo de pesquisa.

Use modelos de mecanismo de pesquisa para aprimorar sua estratégia com insights e previsões baseadas em dados

Os modelos de mecanismo de pesquisa permitem definir, criar e implantar réplicas estatísticas de qualquer ambiente de mecanismo de pesquisa.

Eles são basicamente um mapa que você pode usar para navegar pelos algoritmos do Google.

Esses modelos funcionam essencialmente simulando algoritmos complexos e fatores de classificação usados ​​pelos mecanismos de pesquisa para prever a ordem em que os sites aparecem nas páginas de resultados dos mecanismos de pesquisa (SERPs).

Como um dos principais fornecedores de tecnologia de modelagem de mecanismos de pesquisa, a Market Brew possui as ferramentas avançadas de que você precisa para prever mudanças de classificação a cada otimização que você fizer.

Veja como recomendamos que você use essa tecnologia para coletar e analisar seus dados:

  1. Crie 2 a 3 modelos de mecanismo de pesquisa para cada área principal ou modelo do seu site. Isso lhe dará uma amostra representativa de modelos que deverá fornecer orientação para todas as páginas que usam o mesmo modelo. (Quando uma empresa como o Walmart usa o Market Brew, eles não criam um milhão de modelos. Eles se concentram na construção de orientações para cada modelo, o que significa no mínimo 2 a 3 modelos para páginas de destino/palavras-chave que usam esse modelo.)
  2. Agrupe os modelos logicamente em equipes. Por exemplo, os modelos centrados em páginas de destino que usam um modelo específico podem ser colocados juntos na mesma equipe, para garantir que as recomendações dentro de um grupo sejam consistentes e permitirão identificar padrões específicos para problemas com aquela parte do grupo. site.
  3. Ao adicionar os modelos de mecanismo de pesquisa agora, sua equipe também acompanhará o histórico de cada site concorrente. Sua equipe pode até acessar alertas do Market Brew para ser notificada quando seus concorrentes mudarem sua estratégia de conteúdo/link. Cada entrada e saída de cada algoritmo modelado estarão disponíveis para você agora.

Obtenha a lista de verificação completa e certifique-se de que sua estratégia permaneça no caminho certo.

Etapa 2: monitorar alterações pós-atualização e avaliar o impacto

Para realmente conhecer os efeitos de uma mudança de algoritmo, você precisará monitorar as classificações e o tráfego orgânico de seus grupos de landing pages após a atualização.

Não se esqueça de coletar também os dados de cada landing page que aparece em suas SERPs – dessa forma, você pode classificar os vencedores e os perdedores quando tudo estiver dito e feito.

Se você configurou seus modelos de mecanismo de pesquisa, é importante recalibrá-los regularmente (de preferência a cada 90 dias ou mais) para refletir as últimas alterações de classificação.

Certifique-se de acompanhar e visualizar as alterações nos pesos de cada algoritmo modelado antes e depois da atualização.

Analise também seus modelos para garantir que os sites de melhor desempenho nesses algoritmos otimizados continuem a ter um bom desempenho em suas respectivas SERPs, e os sites que estavam com desempenho ruim agora têm desempenho pior.

Conduza uma análise de como a atualização do algoritmo afeta as classificações

A partir daqui, você desejará realizar uma análise estatística:

  1. Analisar a relação entre as mudanças de classificação e cada um dos algoritmos do seu software de SEO. Crie uma equação de “adequação” que forneça uma priorização de tarefas com base nos objetivos da sua equipe, como classificação por ROI de tarefa.
  2. Identificar padrões e correlações que revelam quais estratégias são impactadas pela atualização. Copie os padrões vencedores e remova ou substitua os padrões perdedores.
  3. Entender que pode haver uma confluência de alterações de algoritmo que causaram problemas em suas páginas de destino, e não apenas uma alteração específica de algoritmo.

Acompanhe seu progresso com esta lista de verificação para mantê-lo concentrado na tarefa.

Etapa 3: adapte suas estratégias e prioridades de SEO para o sucesso

Então você coletou e analisou seus dados – agora é hora de agir.

Comece a ajustar suas estratégias de SEO com base em sua análise estatística a partir da etapa 2, certificando-se de enfatizar os fatores que mostram fortes correlações com classificações melhoradas.

Últimas

Criação de artigos exclusivos a partir de feeds RSS importados usando IA

Você sabia que o shortcode é perfeito...

Por que o EQ é importante no trabalho (e no SEO)

A inteligência emocional (EQ) é importante em nosso...

As visões gerais de IA do Google se tornam virais e atraem o escrutínio da mídia convencional

A implementação pelo Google de visões gerais geradas...

Mulheres na IA: Arati Prabhakar acha que é crucial acertar a IA

Para dar às mulheres acadêmicas e outras pessoas...

Assine

spot_img

Veja Também

Criação de artigos exclusivos a partir de feeds RSS importados usando IA

Você sabia que o shortcode é perfeito...

Por que o EQ é importante no trabalho (e no SEO)

A inteligência emocional (EQ) é importante em nosso...

As visões gerais de IA do Google se tornam virais e atraem o escrutínio da mídia convencional

A implementação pelo Google de visões gerais geradas...

Mulheres na IA: Arati Prabhakar acha que é crucial acertar a IA

Para dar às mulheres acadêmicas e outras pessoas...
spot_img

Criação de artigos exclusivos a partir de feeds RSS importados usando IA

Você sabia que o shortcode é perfeito para criar artigos exclusivos com plug-ins CyberSEO Pro e RSS Retriever baseados em conteúdo importado?...

Por que o EQ é importante no trabalho (e no SEO)

A inteligência emocional (EQ) é importante em nosso trabalho e em nossa vida pessoal. Ajuda-nos a gerir e resolver conflitos e a...

As visões gerais de IA do Google se tornam virais e atraem o escrutínio da mídia convencional

A implementação pelo Google de visões gerais geradas por IA nos resultados de pesquisa nos EUA está tomando um rumo desastroso, com os...