Posts Recentes:

Google nega práticas anticompetitivas em processo de US$ 2,27 bilhões

O Google está enfrentando um processo de US$...

Smartphone robusto para o mercado B2B

A Samsung anunciou o lançamento do Galaxy XCover7...

Android Auto mostrará aplicativos que só funcionam quando estacionado

O Android Auto está introduzindo um novo recurso...

Como aumentar o tráfego localizado para domínios da UE hospedados nos EUA


Em uma postagem no subreddit r/TechSEO, o defensor de pesquisa do Google, John Mueller, respondeu a um usuário do Reddit perguntando como aumentar o tráfego localizado para um domínio da União Europeia (UE) hospedado nos Estados Unidos (EUA).

O cliente do usuário, que possui um subdomínio .com e um subdomínio .eu, espera aumentar o tráfego direcionado para este último. No entanto, o usuário está preocupado que a localização do servidor do site possa reduzir a visibilidade do domínio nos resultados de pesquisa internacionais.

Aqui estão as cinco coisas que Mueller sugeriu que o usuário deveria se concentrar – ou ignorar com segurança – para aumentar o tráfego localizado da UE.

1. Utilize tags Hreflang

A primeira recomendação de Mueller é o uso de tags hreflang. Estas tags são fundamentais para direcionar utilizadores de vários países europeus para o subdomínio da UE, tornando o site mais acessível e relevante para o público europeu.

Essa abordagem é crucial para um site direcionado a várias regiões com conteúdo potencialmente sobreposto ou semelhante. Ele enfatiza que o hreflang deveria conectar os principais países europeus ao domínio da UE, e o restante dos visitantes usaria como padrão o .com.

2. A localização do servidor não é um fator

Em segundo lugar, Mueller minimiza a importância da localização do servidor.

Contrariamente à crença comum de que a proximidade do servidor ao público-alvo melhora o desempenho, ele sugere que a localização do servidor é menos importante, oferecendo assim mais flexibilidade nas decisões de alojamento do servidor.

3. Tags canônicas podem impedir a duplicação de conteúdo

O terceiro ponto aborda a questão da duplicação de conteúdo, especialmente quando o mesmo idioma é usado em vários domínios.

Mueller aconselha o uso de tags canônicas com cuidado em tais cenários para evitar que o Google interprete o conteúdo como duplicado. Alternativamente, pequenas variações no conteúdo desses domínios podem ajudar a distingui-los.

4. Apoie a moeda local com os feeds do Google Shopping

Em quarto lugar, Mueller recomenda aproveitar os feeds do Google Shopping.

Esta abordagem envolve a otimização das listas de produtos para visibilidade nos resultados de pesquisa do Google Shopping, uma ferramenta eficaz para alcançar um público europeu mais amplo e melhorar o desempenho do comércio eletrónico.

5. Concentre-se na página inicial e nas páginas de alto nível

Por último, Mueller sugere que os melhores resultados podem ser alcançados concentrando-se na página inicial e em outras páginas de alto nível.

Esta estratégia implica que poderá não ser necessária uma revisão abrangente de todo o local; em vez disso, priorizar páginas importantes pode levar a melhorias substanciais no tráfego com alocação eficiente de recursos.

Conclusão

Esta visão é crucial para profissionais de marketing e SEO que pretendem expandir o seu alcance no mercado da UE.

Ao implementar as estratégias de Mueller, as empresas podem aumentar a visibilidade e a relevância do seu website nos resultados de pesquisa europeus, impulsionando assim o tráfego direcionado e potencialmente aumentando as conversões.

Essas táticas se alinham com as mais recentes práticas recomendadas de SEO e oferecem soluções práticas para marketing digital multinacional.

Imagem em destaque: WDnet Creation/Shutterstock

Últimas

Google nega práticas anticompetitivas em processo de US$ 2,27 bilhões

O Google está enfrentando um processo de US$...

Smartphone robusto para o mercado B2B

A Samsung anunciou o lançamento do Galaxy XCover7...

Android Auto mostrará aplicativos que só funcionam quando estacionado

O Android Auto está introduzindo um novo recurso...

Assine

spot_img

Veja Também

Google nega práticas anticompetitivas em processo de US$ 2,27 bilhões

O Google está enfrentando um processo de US$...

Smartphone robusto para o mercado B2B

A Samsung anunciou o lançamento do Galaxy XCover7...

Android Auto mostrará aplicativos que só funcionam quando estacionado

O Android Auto está introduzindo um novo recurso...

Microsoft Copilot ganha recurso de análise de documentos com IA

A Microsoft introduziu um novo recurso ao Copilot...
spot_img

Google nega práticas anticompetitivas em processo de US$ 2,27 bilhões

O Google está enfrentando um processo de US$ 2,27 bilhões movido por 32 grupos de mídia que alegam que as práticas de publicidade...

Smartphone robusto para o mercado B2B

A Samsung anunciou o lançamento do Galaxy XCover7 no Brasil, um smartphone robusto projetado especificamente para o mercado B2B.O dispositivo oferece durabilidade,...

Android Auto mostrará aplicativos que só funcionam quando estacionado

O Android Auto está introduzindo um novo recurso para melhorar a segurança ao volante.Na última versão do sistema, os aplicativos que só podem...