Posts Recentes:

UE investigará Delivery Hero e Glovo por preocupações com cartéis de entrega de alimentos

A Comissão Europeia anunciado uma investigação formal sobre...

Olhando para o futuro – SGE, Gemini…E AGI?

Este trecho é de SEO in the Gemini...

Hacking Digital PR: Como ganhar links de alta autoridade da mídia dos EUA

Está com problemas para fazer seu site ser...

A Apple precisa se concentrar em tornar a IA útil, não chamativa


Google e Microsoft fizeram de suas conferências de desenvolvedores uma vitrine de suas habilidades generativas de IA e agora todos os olhos estão voltados para a próxima semana Conferência Mundial de Desenvolvedoresque deverá marcar a estreia de Inteligência da Apple.

A empresa sediada em Cupertino enfrenta muita pressão. A Apple ficou para trás em relação a seus pares na corrida pela IA e provavelmente parece que precisa fazer todo o possível para impressionar fãs e acionistas. Mas isso não deve significar promessas exageradas de recursos.

Confiabilidade em primeiro lugar

A Apple fabrica alguns dos dispositivos mais populares do planeta e seus recursos de IA devem servir para torná-los mais úteis. Muitos recursos alimentados por IA dependem de voltar à nuvem para obter respostas ou informações. No entanto, se a Apple conseguir executar alguns recursos úteis localmente no dispositivo, os usuários poderão abandonar as ferramentas baseadas na nuvem em favor da IA ​​sempre disponível. As transcrições off-line nos aplicativos Voice Memo e Notes podem ser adequadas.

A Apple provavelmente revelará resumos de notificações e páginas da web, geração básica de texto e edição de fotos. No entanto, muitos navegadores, aplicativos de anotações e aplicativos de edição de fotos já os possuem. A Apple precisa tornar sua implementação o mais suave e contínua possível para se destacar.

Privacidade em primeiro lugar

É provável que a Apple reforce sua abordagem de privacidade em primeiro lugar, por isso pode não dar liberdade à Siri ou aos recursos alimentados por IA para assumir o controle de todos os aplicativos. De acordo com um relatório da Bloomberg, apenas o iPhone 15 Pro e iPads ou Macs com chips M1 ou posteriores terão recursos de IA e serão opcionais. Se isso for verdade, apesar de estar atrasada na curva de adoção de recursos de IA, a Apple ainda é cautelosa e não quer ser pega na reação dos usuários.

A empresa foi recentemente criticado por seu anúncio “Crush” para iPad, que mostrava instrumentos criativos sendo destruídos por uma prensa hidráulica. Isso foi visto como uma subvalorização da Apple pelos criadores, suas ferramentas e o esforço necessário para fazer arte, empacotando-a em um pacote capitalista estreito. Com a IA já tendo uma má reputação entre os criadores, a Apple pode não querer irritá-los novamente. Portanto, provavelmente será necessária uma abordagem não controversa.

Melhorando a Siri

A maior mudança esperada é que a Apple reformule o Siri para entender melhor as dúvidas dos usuários e entregar resultados mais precisos. Atualmente, o Siri não pode realizar multitarefas. Se você pedir ao assistente para definir um cronômetro de 10 minutos e um cronômetro de 5 minutos, ele definirá um cronômetro para 15 minutos. Essas coisas podem não precisar da ajuda da IA ​​generativa para serem resolvidas, mas a reformulação da Siri deveria pelo menos tê-las.

Se o Siri não obtiver acesso mais profundo aos aplicativos como esperado, a Apple poderá facilitar a vida dos usuários introduzindo um assistente de IA para ajudá-los a criar atalhos complexos do Siri para realizar tarefas de várias etapas.

Rumores nas ruas são de que a Apple irá anunciar um acordo com OpenAI para potencializar recursos de IA em seus sistemas operacionais. Resta saber quanto da Apple Intelligence será construída com base nesse acordo. Dadas as IAs alucinação problemasa Apple talvez ainda não queira se envolver diretamente nos recursos de IA relacionados ao conteúdo.

Muitas empresas fazem grandes promessas sobre recursos alimentados por IAapenas para decepcionar com impreciso ou enviesado resultados. Empresas como Google e OpenAI tiveram que abandonar os recursos de IA devido a erros ou questões de direitos autorais. Como tal, a empresa pode não querer depender de LLMs (grandes modelos de linguagem) para geração de conteúdo.

Últimas

UE investigará Delivery Hero e Glovo por preocupações com cartéis de entrega de alimentos

A Comissão Europeia anunciado uma investigação formal sobre...

Olhando para o futuro – SGE, Gemini…E AGI?

Este trecho é de SEO in the Gemini...

Hacking Digital PR: Como ganhar links de alta autoridade da mídia dos EUA

Está com problemas para fazer seu site ser...

Google abandona eliminação gradual de cookies de terceiros

O Google anunciou que não eliminará mais cookies...

Assine

spot_img

Veja Também

UE investigará Delivery Hero e Glovo por preocupações com cartéis de entrega de alimentos

A Comissão Europeia anunciado uma investigação formal sobre...

Olhando para o futuro – SGE, Gemini…E AGI?

Este trecho é de SEO in the Gemini...

Hacking Digital PR: Como ganhar links de alta autoridade da mídia dos EUA

Está com problemas para fazer seu site ser...

Google abandona eliminação gradual de cookies de terceiros

O Google anunciou que não eliminará mais cookies...

A base de usuários do Telegram sobe para 950 milhões e planeja lançar uma loja de aplicativos

O aplicativo de mensagens Telegram atingiu 950 milhões...
spot_img

UE investigará Delivery Hero e Glovo por preocupações com cartéis de entrega de alimentos

A Comissão Europeia anunciado uma investigação formal sobre a gigante de entrega de alimentos sediada em Berlim, Delivery Hero, e sua subsidiária espanhola,...

Olhando para o futuro – SGE, Gemini…E AGI?

Este trecho é de SEO in the Gemini Era, de Marie Haynes © 2024, e reproduzido com permissão da Marie Haynes Consulting Inc. Há...

Hacking Digital PR: Como ganhar links de alta autoridade da mídia dos EUA

Está com problemas para fazer seu site ser mencionado em grandes sites de notícias para impulsionar suas classificações em mecanismos de busca? Você...